Dia do Psicólogo

Hoje é dia 27 de agosto de 2017, dia do psicólogo. Em rápidas palavras, posto alguns motivos que me levaram a fazer psicologia. Num primeiro momento nunca imaginei ser psicólogo. Um pouco mais maduro, pelos meus 25 anos, decidi pela psicologia e antes de iniciar o curso me imaginava dentro de um consultório. De alguma forma, naturalmente, não sabia como era atuar, mas tinha como lembrança algumas vezes que necessitei de um psiquiatra e de um psicólogo. E ali eu percebi o quanto era e o quanto foi importante para mim. Na minha primeira aula na faculdade, o professor perguntava a cada um, durante as apresentações, o porque de ter escolhido psicologia. E eu respondi: escolhi por que cada um é cada um (frase de um grande amigo meu) e assim, não há ninguém no mundo igual ao outro. Cada um tem sua vida, sua história, seu dia, sua família, e cada um sabe seu sofrimento. Hoje, baseado na minha veia filosófica e de questionamento do mundo, além de acreditar que somos gotas d’água num oceano universal e infinito, percebo o quanto minha trajetória me ajudou a estar aqui, muito feliz. Pois poder ser parte, pela escuta, da melhora de um sujeito em sofrimento psíquico que busca o psicólogo e ver a sua mudança, seu retorno a si, seu reapropriar-se de si mesmo, de buscar conseguir ser seu melhor companheiro, não tem preço algum. E também é a realização do profissional e da pessoa do psicoterapeuta. E atualmente, com a clínica, com a especialização em avaliação psicológica, a orientação psicanalítica e a docência, auxiliando na formação de novos profissionais psi, é como materializar um sonho que se constrói a cada dia. Feliz dia do psicólogo a todos! 🙂

“Escutar-se, para escutar. Respeitar-se, para respeitar. Amar-se, para amar”. (Cleuber Roggia)

Cleuber Roggia – #cleuberpsi #lugarpsi

Sem categoria

%d blogueiros gostam disto: